CONJUNTOS DE ATERRAMENTO PARA ALTA TENSÃO

SKU: N/A

Fabricante: Terex-RITZ

Limpar
SKU: Não aplicável Categorias: ,

Descrição

Equipamento de ligação elétrica efetiva, com baixa impedância intencional à terra, destinada a garantir a equipotencialidade e mantida continuamente durante a intervenção na instalação elétrica, promovendo proteção aos trabalhadores contra a energização acidental. A especificação adequada do conjunto de aterramento temporário (ATR) é o primeiro princípio que assegura eficiência e segurança na realização de trabalhos em linha desenergizada caso o sistema seja energizado acidentalmente. A especificação deve ser compatível com as características da instalação elétrica em que o Conjunto de Aterramento Temporário será instalado. Leia com atenção os requisitos básicos a seguir para a correta especificação do Conjunto de Aterramento Temporário, a fim de garantir a segurança dos eletricistas. Para a especificação do ATR é necessário conhecer as seguintes características das instalações elétricas quando for utilizado:

A. Tipo de instalação e nível de tensão: Rede ou linha aérea (kV); Subestação (kV); Rede Secundária (BT) com cabo nu ou protegido; Rede subterrânea (kV);
B. Corrente máxima de curto-circuito;
C. Tempo de atuação do sistema de proteção;
D. Tipo de Estrutura: Metálica; Concreto; Madeira;
E. Distâncias entre fases e fase-terra;
F. Seções dos condutores de fase e de terra onde o ATR será instalado.

A manutenção em redes aéreas desligadas se apresenta, à primeira vista, como uma condição aparentemente segura para a execução dos trabalhos. Entretanto, elas podem ser indevidamente energizadas por diversos fatores mais comuns:
– Erros de manobra;
– Contato acidental com outros circuitos energizados;
– Tensões induzidas por linhas adjacentes;
– Descargas atmosféricas, mesmo que distantes do local de trabalho;
– Fontes de alimentação de terceiros.
Infelizmente, os fatores descritos não se constituem em fatos teóricos, ou mesmo impossíveis de ocorrer, como muitas vezes o homem de manutenção tende a imaginar. Isso porque a prática tem nos mostrado a veracidade através de inúmeros acidentes que ocorrem anualmente nas empresas de energia elétrica. O aterramento e curto-circuitamento temporário constituem-se na principal proteção do homem nos trabalhos em redes desenergizadas, devendo ser considerado, portanto, como sua principal ferramenta de trabalho.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “CONJUNTOS DE ATERRAMENTO PARA ALTA TENSÃO”